Operação de Trânsito

Coordenação de Planejamento e Operação de Trânsito

  • Planejar, organizar, autorizar e acompanhar interferências no trânsito decorrentes de obras e eventos na via pública;

  • Estabelecer, em conjunto com os demais órgãos municipais, estaduais e federais, as diretrizes para operações especiais de trânsito e obras viárias;

  • Coordenar a divulgação de informações das condições do trânsito para os meios de comunicação;

  • Coordenar e avaliar as necessidades de implantação e realocação de semáforos, equipamentos eletrônicos de fiscalização e gestão de trânsito;

  • Coordenar a definição e controle das programações e sincronismo dos equipamentos semafóricos;

  • Realizar estudos técnicos para avaliação da implantação de novos equipamentos e tecnologias de sistemas de gestão de trânsito;

  • Realizar estudos de impacto de polos geradores de tráfego com definição de medidas mitigadoras e compensatórias para o trânsito;

  • Realizar a gestão de contratos de aquisição de materiais e equipamentos componentes do parque semafórico e de controle e monitoramento do trânsito;

  • Realizar outras atividades que lhe forem atribuídas na área de atuação.

Coordenação de Obras de Curitiba (COC)

  • Realizar vistorias e elaborar alvará para obras em vias públicas;

  • Calcular o valor referente ao dano causado na via pública, em função da obra a realizar, para a garantia da recomposição do pavimento (caução);

  • Notificar e autuar as empresas que trabalham em desacordo com as  orientações do alvará;

  • Realizar outras atividades que lhe forem atribuídas na área de atuação.

Centro de Controle de Operações de Trânsito (CCO)

  • Dimensionamento dos tempos e sincronismo da rede de semáforos atual;

  • Análise de viabilidade técnica, com base em pesquisas de fluxo e dados estatísticos do local ou trecho para implantação de semáforo;

  • Detalhamento e programação de operações especiais, principalmente eventos de grande porte e obras que afetem a circulação em toda malha viária da cidade. Bem como análise de rotas alternativas para a realização dos mesmos;

  • Gerenciamento das autorizações para mudança, caçambas, eventos, bloqueios de rua, bloqueios de calçada, trânsito na ZCT e operação escola;

  • Análise de projetos para futuros empreendimentos (RAP) levando sempre em conta os conceitos de engenharia de tráfego, as condições de fluidez da via envolvida,as áreas de estacionamento e parada no local ou região de forma a reduzir ao mínimo a interferência deste pólo gerador na malha viária da cidade;

  • Analisar e implantar equipamentos que visem melhorar o controlesemafórico nos cruzamentos da cidade;

  • Descrever as especificações técnicas que definam os materiais semafóricos a serem utilizados nos sistemas de controle e em processos licitatórios, para aquisiçãoe/ou implantação de equipamentos;

  • Coordenação da manutenção do sistema de tráfego e de seus componentes, que formam um sistema centralizado, executada por empresa prestadora deserviços, visandomanutenção constante;

  • Operacionalizaro tráfego através da implantação e programação dasinalização semafóricacomobjetivo de manter a fluidez e segurança notrânsito;

  • Execução do controle semafórico nos cruzamentos: da área central eprincipais corredores de tráfego;

  • Realizar pesquisas de tráfego (contagem volumétrica de veículos e pedestres, pesquisa de velocidade, etc.);

  • Elaborar e disponibilizar estatísticas de volumes de tráfego e acidentes de trânsito.

Unidade de Implantação de Semáforos

  • Cordenar e alocar equipes de manutenção corretiva, preventiva e de emergência dos sistemas de equipamentos semafóricos em funcionamento; alteramos a redação;

  • Realizar a gestão de contratos de serviços e equipamentos semafóricos;

  • Elaborar especificações técnicas referentes a materiais e equipamentos utilizados na sinalização semafórica;

  • Pesquisar e avaliar novas tecnologias na área de sinalização semafórica;

  • Avaliar e aplicar novos equipamentos ou materiais para implantação de sinalização semafórica;

  • Elaborar projetos e orçamentos de sinalização semafórica;

  • Realizar outras atividades que lhe forem atribuídas na área de atuação.