Blitze flagram motoristas em irregularidades

Além de ações educativas por toda a cidade, a Semana Nacional de Trânsito em Curitiba, de 18 a 25 de setembro, promoveu blitze em cinco bairros.

  • Na Semana Nacional de Trânsito, cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados por cometer algum tipo de infração.
Foto: Divulgação
  • Na Semana Nacional de Trânsito, cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados por cometer algum tipo de infração.
Foto: Divulgação
  • Na Semana Nacional de Trânsito, cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados por cometer algum tipo de infração.
Foto: Divulgação
  • Na Semana Nacional de Trânsito, cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados por cometer algum tipo de infração.
Foto: Divulgação
  • Na Semana Nacional de Trânsito, cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados por cometer algum tipo de infração.
Foto: Divulgação
  • Na Semana Nacional de Trânsito, cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados por cometer algum tipo de infração.
Foto: Divulgação
  • Na Semana Nacional de Trânsito, cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados por cometer algum tipo de infração.
Foto: Divulgação

Além de ações educativas por toda a cidade, a Semana Nacional de Trânsito em Curitiba, de 18 a 25 de setembro, promoveu  blitze conjuntas da Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito (com agentes de trânsito e guardas municipais), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e da Polícia Rodoviária Federal.

Cerca de 300 motoristas curitibanos foram flagrados cometendo algum tipo de infração nas fiscalizações feitas nos bairros Xaxim, CIC, Novo Mundo, Pinheirinho e Cajuru. A principal continua sendo a falta de documentação obrigatória: 50% das multas aplicadas (141 registros) na Semana do Trânsito foram por esse motivo.

Além de multa no valor de R$ 293,47, o Código de Trânsito Brasileiro estabelece infração gravíssima (com perda de sete pontos na carteira de habilitação) para as situações nas quais o motorista “conduz o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado”, conforme artigo 230, inciso V. 

Outros 22 condutores - 7,83% dos autuados - estavam dirigindo sem ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou a Permissão Para Dirigir (PPD).

Também houve casos de placa falsificada, veículo sem placa, motorista e passageiro sem cinto de segurança, transporte de criança sem observância das normas de segurança, e, até, de motorista que tentou transpor o bloqueio da blitz.

Análise

As secretarias municipais da Saúde e da Defesa Social e Trânsito analisam os casos de acidentes com mortes na cidade, por meio do Projeto Vida no Trânsito. “A partir desse panorama, programamos ações educativas e fiscalizatórias, também como tentativa de mudança na cultura do motorista que insiste em cometer irregularidades que podem acarretar acidentes”, explica a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella.

Na Semana Nacional do Trânsito foram abordados 956 veículos na cidade - 627 carros e 329 motos. Ao todo, foram aplicadas 292 autuações, sendo 231 de natureza gravíssima, 13 de natureza grave, 37 média e 11 leve.

As autuações resultaram, ainda, na remoção de 152 veículos: 93 carros, 57 motos e dois caminhões.

Compartilhe nas redes sociais

Mais notícias

Ônibus terão mais uma faixa exclusiva

Intervenção começa na Rua Alfredo Bufren e segue pela Amintas de Barros

Travessa Frei Caneca tem alteração de sen ...

Motorista que estiver na Rua André de Barros agora poderá entrar na travessa para acessar a Visconde de Guarapuava

Furacão Runners passa por ruas do Água Ve ...

Não haverá alterações no trânsito e os motoristas serão orientados por monitores em todo o percurso

Rua no Cabral tem alteração de sentido

Mudança será feita para reduzir risco de acidentes de trânsito e foi solicitada pelos moradores da região