Cidade investe para conter inundações e cheias

Estão em andamento processos licitatórios para contratação de obras nos bairros São Braz, Seminário e Fazendinha

Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS
Pedro Ribas/SMCS

Trabalhando sob a premissa de que a pior cheia é aquela que está por vir, o Departamento de Pontes e Drenagem da Secretaria Municipal de Obras Públicas está liderando processos licitatórios de obras em três bairros. As intervenções no São Braz, Seminário e Fazendinha darão melhores condições de a população enfrentar os efeitos das fortes chuvas, que acontecem nesta época de temperaturas mais elevadas.  

Duas das três licitações tiveram as propostas das empresas participantes do certame conhecidas nesta segunda-feira (4/11). A terceira teve o edital de concorrência publicado nesta segunda-feira (4/11). “As obras se somarão a outras ações que realizamos constantemente para minimizar os riscos oferecidos por cheias e inundações”, disse Rodrigo Rodrigues, secretário municipal de Obras Públicas.  

Entre as obras com propostas abertas nesta segunda, está a implantação de galerias de águas pluviais na Rua Nabal Guimarães Barreto, no trecho de 408 metros entre a Rua Antônio Adão Falarz e a Avenida Três Marias, no bairro São Braz. Quando a licitação estiver concluída e os serviços começarem, serão 60 dias de prazo para a execução dos trabalhos. 

Também tiveram propostas abertas as intervenções de perfilamento e contenção de taludes e a construção de galerias celulares – de 4 metros por 3 metros - no córrego Hermes Fontes. O local da futura obra fica em paralelo com a Rua Arthur Suplicy de Lacerda, entre o Rio Barigui e a Rua Deputado Nilson Ribas, no Seminário. A previsão de duração dos serviços é 210 dias. 

Publicação de editais

Com edital de licitação publicado, está lançado o processo licitatório da implantação de galeria de águas pluviais na Rua Doutor Manoel Francisco Ferreira. A estrutura de escoamento de água da chuva alcançará 621 metros entre as ruas Alberto Ruts e Alfredo Jaime Felippe, no Fazendinha. 

Para esta obra, a previsão de abertura dos envelopes com as propostas das empresas é o dia 6 de dezembro. O tempo estimado de execução desta intervenção chega a 120 dias. 

Nova passarela

Para dar mais segurança e conforto a moradores, o Departamento de Pontes e Drenagem da Secretaria Municipal de Obras Públicas ainda publicou nesta segunda-feira (4/11) o edital de licitação para contratar a empresa que irá fabricar, montar e instalar uma nova passarela metálica na Rua Etelvina Maria da Silveira Coelho, sobre o Arroio Boa Vista, no Sítio Cercado.

A estrutura terá 24 metros de extensão e o prazo de execução dos serviços é de 60 dias. A data prevista para a abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas em prestar o trabalho é o dia 6 de dezembro.

Compartilhe nas redes sociais

Mais notícias

Setran guincha 100 veículos com grandes d ...

Juntos, eles somam mais de R$ 800 mil em multas e impostos obrigatórios não pagos

Vagas em frente ao IPC ampliam acessibili ...

Um remanso - área recuada na calçada - na Rua Coronel Dulcídio agora possibilita o embarque e desembarque de até três veículos

Sete de Setembro terá ciclofaixa temporár ...

Entorno do Mercado Municipal terá ampliado o sistema de circulação de pedestres e ciclistas durante os dias de maior movimento

Biarticulados começam a circular com másc ...

Campanha tem como objetivo alertar para importância do uso de máscara na prevenção do novo coronavírus