Circuito das Estações altera o trânsito

O evento não terá bloqueios de trânsito, mas os atletas irão compartilhar as vias com os motoristas

  • Circuito das Estações altera o trânsito no domingo. Foto: Guilherme Dala Barba/SMELJ

 

A etapa verão do Circuito das Estações, a última do ano, será neste domingo (1º/12). Com largada às 7h em frente ao Shopping Mueller, a corrida deve se estender até as 8h30.

Os participantes vão passar pelos bairros Centro Cívico, Centro, Ahú e São Lourenço. Os atletas vão compartilhar as vias com os veículos e o trânsito deve ficar lento durante a prova.

São duas modalidades: 5 e 10 quilômetros. Os atletas saem da Avenida Cândido de Abreu, em frente ao Mueller, e vão em direção à Rua Presidente Carlos Cavalcanti, seguindo pela Mateus Leme, José Saboia Cortês, Vieira dos Santos, Francisco Scremin, José Kormann, Capitão Manoel da Costa, Doutor Nelson de Souza Pinto, Eurípedes Garcez do Nascimento, Marechal Hermes e Papa João XVIII, até o retorno ao shopping.

Não haverá bloqueios de trânsito, mas os motoristas devem redobrar a atenção ao compartilhar as vias com os atletas, pois o trânsito dos carros será pelas pistas à esquerda, enquanto os corredores ocuparão a pista ao lado direito das vias.

Durante o trajeto, agentes da Superintendência de Trânsito (Setran) e monitores vão auxiliar os participantes e condutores de veículos.

Compartilhe nas redes sociais

Mais notícias

Rua da PUC terá faixa exclusiva para ônib ...

A partir de segunda-feira (27/1), agentes de trânsito começam a orientar os motoristas no trecho

Prefeitura define organização para o Carn ...

Foram apresentadas as estratégias de segurança da PM em conjunto com a Guarda Municipal para evitar imprevistos nos locais de eventos da folia

Setran orienta sobre o uso das motocaixas

A ideia, que vem sendo testada em diversos centros urbanos, é que as motos ocupem o espaço e, na abertura do semáforo, saiam antes dos outros veículos

Opções de desvio da Victor Ferreira do Am ...

Enquanto durarem as obras, trânsito pode ficar mais carregado na divisa de Curitiba com Pinhais.