Novos radares serão ligados na quarta-feira

Equipamentos já estão instalados, aferidos, sinalizados e ficam localizados nos bairros Juvevê, São Francisco e Jardim Botânico

  • A partir das 10h da próxima quarta-feira (5/5), equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade instalados em três pontos da cidade começam a funcionar. - Curitiba, 19/04/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS
  • Antes do início do funcionamento dos radares, todos os locais estarão indicados com placas e pintura no pavimento. - Curitiba, 19/04/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

 

A partir das 10h da próxima quarta-feira (5/5), equipamentos de fiscalização eletrônica de velocidade instalados em três pontos da cidade começam a funcionar. Eles ficam na Rua Almirante Tamandaré, 1.615, no Juvevê; na Rua Nilo Peçanha, 909, São Francisco; e na Rua Mauricio Fruet, ao lado do Jardim Botânico, no bairro que leva o nome do ponto turístico. 

Todos terão limite de velocidade de 50 km/h. Nos locais, há sinalização de trânsito indicando tanto o limite de velocidade quanto a fiscalização eletrônica, seguindo padrões determinados em legislação federal. Os locais têm placas, semipórticos e legendas no pavimento (no mínimo 100 metros antes do radar).

A lista completa e atualizada dos radares em funcionamento na cidade pode ser consultada no site da Setran. 

Prudência e respeito no trânsito

Instalados em pontos considerados mais sensíveis de respeito dos condutores à velocidade máxima estabelecida, os redutores contribuem para melhorar a segurança viária de outros motoristas e também de pedestres e ciclistas.

De acordo com relatório mais recente do Programa Vida no Trânsito (PVT), no ano de 2019 foram registrados 168 acidentes fatais nas ruas da capital, com 169 mortes (um acidente com dois óbitos). O pedestre foi a principal vítima, representando 45% do total de mortes. Entre 2018 e 2019 o aumento no número de atropelamentos foi de 55,1%. 

Análise do PVT mostra ainda que, em 2019, os principais fatores e condutas presentes para ocorrência do acidente fatais foram: a presença do álcool no organismo dos motoristas, a velocidade inadequada ou excessiva e o desrespeito a sinalização.

Álcool e velocidade aparecem como primeiro e segundo lugar entre os fatores, enquanto as principais condutas observadas foram: desrespeito à sinalização, trânsito em local proibido e atitude imprudente.

LEIA MAIS

Mais notícias

Baladas e bares lotados são alvos da Aifu

Força-tarefa encarregada em acabar com aglomerações e situações de transmissão da covid-19 encerrou atividades em 15 locais

Aifu fecha duas festas clandestinas

Nas operações de sexta-feira e de sábado, 21 estabelecimentos tiveram atividades paralisadas por descumprimento à Lei Municipal 15799/2021

Multas de trânsito têm até 40% de desconto

Sem sair de casa, cidadão pode acessar a ferramenta, ter acesso às informações e resolver as pendências

Concluída, trincheira incrementa mobilidade

Nova estrutura no cruzamento da Rua General Mário Tourinho com Avenida Nossa Senhora Aparecida teve método construtivo inovador. Nos próximos dias,...