Servidores fazem curso de Defesa Civil

Treinamento inclui simulados e manejo de embarcações, ao longo de toda a semana

  • Curso de capacitação das administrações regionais para ações de Defesa Civil no auditório da Rua da Cidadania da Matriz.  - Curitiba, 22/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS
  • Curso de capacitação das administrações regionais para ações de Defesa Civil no auditório da Rua da Cidadania da Matriz.  - Curitiba, 22/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS
  • Curso de capacitação das administrações regionais para ações de Defesa Civil no auditório da Rua da Cidadania da Matriz.  - Curitiba, 22/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS
  • Curso de capacitação das administrações regionais para ações de Defesa Civil no auditório da Rua da Cidadania da Matriz.  - Curitiba, 22/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS
  • Curso de capacitação das administrações regionais para ações de Defesa Civil no auditório da Rua da Cidadania da Matriz.  - Curitiba, 22/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS
  • Curso de capacitação das administrações regionais para ações de Defesa Civil no auditório da Rua da Cidadania da Matriz. Na imagem Rafaela Lupion administradora regional e Péricles de Matos, Secretário de Defesa Social e trânsito - Curitiba, 22/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS
  • Curso de capacitação das administrações regionais para ações de Defesa Civil no auditório da Rua da Cidadania da Matriz. Na imagem Péricles de Matos, Secretário de Defesa Social e trânsito - Curitiba, 22/02/2021 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

 

Como ajudar uma família que teve a casa inundada? O que fazer caso um cidadão ou colega de trabalho tenha um mal súbito? E se houver um princípio de incêndio? Preparar a comunidade e os servidores municipais para estas e outras variadas hipóteses de emergência, dos primeiros instantes até a chegada dos serviços oficiais de atendimento, é o foco da capacitação ministrada nesta semana pela equipe da Defesa Civil Municipal.

Realizada de forma periódica, para atualização de conhecimento e aumento no número de pessoas capacitadas, o treinamento envolve administradores, coordenadores e gestores das dez administrações regionais que, em cada canto da cidade, integram o sistema de proteção e Defesa Civil e, com a Guarda Municipal, prestam os primeiros atendimentos em caso de emergências.

“Como em um time de futebol, não se pode ter apenas um bom jogador. Vidas podem depender das nossas ações e precisamos estar preparados para agir nas adversidades e cuidar das pessoas”, afirmou o secretário de Defesa Social e Trânsito, Péricles de Matos, que também é o coordenador-geral de Defesa Civil no município.

Nesta edição, o curso foi preparado para 20 pessoas, seguindo os protocolos e recomendações sanitárias para inibir a disseminação da covid-19.

A capacitação envolve conhecimentos teóricos e práticos, com aprendizado na utilização de material de combate a incêndio e primeiros socorros.

“São informações muito úteis no desenvolvimento do trabalho, no dia a dia, para os integrantes do sistema de proteção e Defesa Civil e, além disso, são conhecimentos para uma vida inteira”, pontuou o coordenador da Defesa Civil de Curitiba, Nelson Ribeiro.

Com 40 horas de carga horária, o curso segue até a próxima sexta-feira (26/2) e abrangerá simulados, noções de produtos perigosos, prática de equipamentos (como remos e boias) e utilização de barcos da Defesa Civil, que tem 10 veículos de pequeno porte à disposição para casos de emergência. O treinamento prático com barcos será no Parque Passaúna.

A abertura da capacitação, nesta segunda-feira (22/2), contou ainda com a participação da administradora regional da Matriz, Rafaela Lupion.

Instrução no Portão

Similar a esta, uma instrução prática com embarcação foi desenvolvida no fim de janeiro com guardas municipais e coordenadores do Núcleo Regional da Guarda Municipal e da Administração Regional do Portão. O treinamento foi feito no Parque Guairacá, no Fazendinha, com a intenção de preparar os servidores para situações como alagamento de ruas, de casas e casos em que é necessária a utilização de embarcações para retirada de pessoas e animais em risco.

“São analisadas a acoplagem da carreta reboque, a instalação elétrica, as condições do casco, das laterais, dos assentos, a fim de que os equipamentos estejam em plenas condições de uso para o pronto-emprego nas ocorrências emergenciais”, explica o chefe de monitoramento da Defesa Civil, Pedro Rafael Ioungblood.

Neste ano, outros treinamentos nos mesmos moldes serão oferecidos.

Compartilhe nas redes sociais

Mais notícias

Dez razões para reduzir a velocidade no t ...

Espaço urbano para todos, com uma convivência tranquila entre quem pedala, dirige, corre caminha e vive é uma tendência mundial que vem sendo aplicada

Motocaixas ganham novos pontos na cidade

Espaço específico para que motociclistas aguardem pela abertura do sinal verde à frente dos demais veículos tem sido implantado nas principais vias

Curitiba adota medidas mais restritivas

Entre as principais mudanças está a permissão à Guarda Municipal fazer controle de acesso a locais com histórico de desrespeito às medidas anticovid

Fiscais encerram festas clandestinas

Alerta feito pela Secretaria Municipal de Saúde do aumento de transmissão do vírus na cidade não impediu desrespeito às medidas sanitárias